Voltei para dizer olá!

Senti saudades tuas. Dos tempos que me perdia em ti. Dos tempos que te procurava para desabafar. Para sorrir ou mesmo para chorar. Por isso, hoje vim reler-te. 4 anos depois... Como o tempo passa. Como tudo mudou, como eu cresci. Às vezes perdemo-nos nele. No tempo que não para. Mas resistimos e insistimos. Fiéis ao que somos e ao que ambicionamos ser. Ler-te foi bom para a alma. Porque foi sempre em ti que encontrei o espaço para ser verdadeiramente eu. Será um regresso sem volta? Apenas um "olá"? Ou um vir para ficar? Não te sei dizer. Mas gostei de te voltar a ver. Se gostei.


0 comentários: