Get Real



Continuo um pouco em baixo, meio lamechas, a pensar na vida, no meu canto. E nestes momentos aproveito para entrar noutros mundos, noutras realidades. Depois do filme anterior, cujo final é fantástico, hoje vi um outro onde a coisa termina de forma mais dramática.

O Get Real, de 1999, conta uma difícil história de amor entre dois estudantes ingleses - um deles é o bonitão e mais popular da escola, que acaba por descobrir a sua real orientação - que se apaixonam mas que acabam por sofrer da dificuldade que é viver uma "vida dupla", do preconceito, da "diferença".

Aconselho vivamente, e uma vez mais deixo o link para donwload.

Shelter

Hoje adormeci tranquilo e sem sono apesar do adiantado da madrugada. Adormeci a sonhar, que um dia também poderia viver um sonho assim. Entreguei-me a um filme, que é, seguramente, um dos melhores de sempre na temática gay, onde se aborda as difíceis escolhas na vida, o respeito, a família, e a busca da felicidade.
Seguramente a não perder.

Letras

Há letras que parecem feitas para nós. Que podiam ter sido escritas por autores que não os originais. Letras das quais parecemos donos e ao mesmo tempo personagens principais. Letras que nos fazem chorar porque nos arrepiam de tão reais que são. Letras que nos dizem tanto que somos incapazes de dizer o quanto. Letras que são a nossa cara. Que são a nossa vida. Este é um desses casos.