Ausência

Ultimamente, sem tempo nem disposição para escrever. Apenas para ouvir. Porque até falar custa. Tempo. E vontade. E, numa altura em que me dava jeito atrasar as horas, elas ainda se lembram de aumentar...
Tem-me faltado tempo. A mais. Para parar. Para pensar. Para escrever. Para te dizer. Para ser. Talvez no fim daquilo que me vai tirando o tempo e me vai enchendo a cabeça, eu possa dizer que valeu a pena. Talvez esta semana dê novidades. Talvez.
Enquanto isso, recupero. Da falta dele - do tempo - e daquilo que me fez baixar o ânimo. Definitivamente um homem não nasceu para ficar não doente. Não sabe sê-lo.
No fundo, tudo se resume a uma coisa. Ando a precisar de férias. Mas antes delas... ainda há tanto para fazer...
Aos leitores tenho pena de não andar com mais tempo ou sequer imaginação para os satisfazer. E a ti, o lamento de às vezes me perder dentro das minhas coisas e não ter tempo para algo em que ele nunca deveria faltar, o de dizer/escrever o que mereces...


A Outra Margem - Música

Finalmente a música dos Corvos que me(nos) encantou quando vi(mos) o filme. Naquele que é, e volto a dizê-lo, o melhor filme português que assisti.

Holocaustos

A homossexualidade é uma perversão, um desvio e uma aberração capaz de engendrar o holocausto moral e social do país (...) O casamento entre pessoas do mesmo sexo aparte de ser ímpio é antibíblico, pouco natural, não rentável, malsão, incultural e antinigeriano. Peter Akinola, bispo nigeriano
Para ler aqui.

Relembre-se que a Nigéria, como se pode ler aqui, é um exemplo no que aos direitos humanos diz respeito.

A lata da Galp




Numa altura em que muito se fala de um spot publicitário da Antena 1 completamente banal, prefiro dar realce a um outro que tem inundado as TV's nos últimos dias.

A nossa amiga Galp, surge agora com uma campanha de poupança de alguns cobres e ao mesmo tempo de energia. Para tal criaram um sistema de troca de informações, na internet, onde os interessados ficam a conhecer outras pessoas que utilizam o mesmo percurso automóvel, e assim partilham a viatura.

Esta fantástica ideia - que não é de todo original - surge de uma empresa que lucrou milhões e milhões de euros às custas dos atrasos propositados na descida do preços dos combustíveis.

Esta atitude só pode ser entendida como gozo a todos nós. É preciso ter uma lata do car****.

"Papices"

Não se pode resolver (o problema da sida) com a distribuição de preservativos, pelo contrário, a sua utilização agrava o problema. Bento XVI
Foi pena o pai do Bento não ter usado preservativo quando devia... era menos um problema.

Mamo



Estavam à espera de um trocadilho do tipo... "Eu também", não era :D?

Tempo

É coisa que não tem abundado por estas bandas para actualizar o blogue, infelizmente. Pode ser que esta semana seja diferente. Haja, pelo menos, tempo para ouvir boa música.


Lily Allen - Fuck You

Não é a melhor maneira de alguém se contestar, mas às vezes, quando nos perguntam se não temos vergonha, apetece. :D (prestem atenção na letra) Se não aceitam ou não acham normal...






Tiago Bettencourt - Só Nós Dois

O nosso amigo Pinguim, vai-me certamente desculpar por este "roubo" descarado mas depois de ouvir esta extraordinária interpretação e juntando à magnífica letra da música de Tony de Matos, quero mesmo que isto fique aqui neste blogue para memória futura.

Só nós dois é que sabemos
Quanto nos queremos bem
Só nós dois é que sabemos
Só nós dois e mais ninguém

O mundo não nos importa
O nosso mundo começa
Cá dentro da nossa porta

Só nós dois é compreendemos
O calor dos nossos beijos
Só nós dois é que sofremos
A tortura dos desejos
Vamos viver o presente
Tal qual a vida nos dá
O que reserva o futuro
Só deus sabe o que será

Anda, abraça-me... beija-me


Venke Knutson and Kurt Nilsen - When the Stars Go Blue

TVI24

Por norma adoro canais de notícias e, mesmo que ache que Portugal não tem caudal informativo que sirva para preencher três canais do género, sou obrigado a concordar que o TVI24 começou bem. A promessa de muito debate político, de desporto, de notícias, de opinião, de educação sexual.
Hoje deu para ver, contudo, que parece querer repetir erros de casting do passado. É que o programa de Alexandra Lencastre fez-me lembrar o "Na cama com Alexandra Lencastre". E que apenas veio confirmar que apesar de grande actriz, condução de programas não é com ela. Valeu apenas nesta sua primeira edição pela frase do treinador do Benfica Quique Flores que diz ter ficado "emocionado com Harvey Milk, no Milk". Não foi o único.

Flor de Lis - Todas as ruas de amor

E a Lucy não ganhou ohhhhhhhhhhh (felizmente). Eis os representantes portugueses para mais um festival eurovisão da canção. Chamam-se Flor de Lis e são originários de Lisboa. Uma boa surpresa.



P.S. Confesso. Estou viciado na música. Tem uma musicalidade que tem muito de português. Não sendo extraordinária, parece-me claramente uma boa música de festival