Fon fon fon

Eu continuo por cá a trabalhar... E para animar um pouco, aqui fica uma música, que só me dá motivos para sorrir. É basicamente uma terapia.
Desde já aviso. É viciante. A letra é soberba, e juntando à melodia, é daquelas que ficam no ouvido. Não estranhem, por isso, se passerem o dia a cantarolar o "Fon fon fon" dos Deolinda.


Deixo-vos este link para poderem ouvir o CD completo dos Deolinda. Deliciem-se

Boas Ferias!


Eu e o meu lindo vamos de ferias. Umas merecidas ferias e espera-se que com bom tempo. Vamos com toda a certeza divertirmo-nos muito, pelo menos as expectativas sao altissimas. Beijos e Abracos e voltaremos em breve com as novidades quentinhas destas ferias calientes... Ate la, boas ferias!

Porque há dias para tudo...


... e porque há "tudos" que merecem ser comemorados. Não se esqueçam que no próximo dia 31 de Julho é dia mundial do orgasmo. Comemorem-no a preceito :)!


Unintended

Bandas Portuguesas

Nos últimos tempos tem havido um verdadeiro "boom" no que às bandas portuguesas diz respeito. Klepht, Classificados ou Perfume são apenas alguns dos exemplos. E curiosamente - uns mais outros menos - com qualidade.
Esta já faz "furor" também nos Tops Nacionais e é dos Sugarleaf.

Doente



Suspirar tanto tempo pelas férias e depois perceber que elas estão a passar comigo deitado numa cama à espera que as dores ou a febre passe, não é propriamente algo muito motivador. Pensar eu que os sorrisos e o júbilo pelo início de tão merecidas férias se tornaram agora em arrepios, em gemidos de dor ou em dificuldades até em falar, é de desesperar o mais calmo dos homens.

Estamos mal. Pior do que isso, um dia melhor outro dia pior. E o danado do calendário que continua a contar. Está mal. Era nestas alturas que ele deveria perceber que eu ainda não aproveitei nada e por isso na realidade isto não deveriam ser consideradas férias.

Em vez de um quarto com calções, t'shirts, bonés e toalhas de praia espalhados pelo chão, tenho comprimidos, géis e injecções a "enfeitá-lo".

Melhores dias virão. Espero. Deitado. Porque a febre não perdoa.

Breathe

Já terá mais de 10 anos esta música, mas eu sempre a adorei. É daquelas que conseguem provocar um sorriso mesmo num dia em que não acordamos de muito bom humor.


Duetos

Rhianna e Davis Bisbal na Operação Triunfo 2008.

Férias


Ainda bem que vou entrar de férias... :)

Love can hurts...

De volta...

E porque a hora, nem a vontade, é propícia a grandes textos, deixo-vos com uma música que tem muito significado para mim, e que me arrepia sempre que ouço. Seja ele quem for, e esteja onde estiver… É para ti, “Love of my life”.



Já agora, e se não for pedir muito, dá sinais de vida. Eu agradeço.

I'm yours...

Desumanização


Sinto um vazio tremendo sempre que dou por mim a visitar um canil ou sítio oficial do mesmo. Vejo e revejo fotos, na esperança de sentir a casa a aumentar e poder quem sabe "salvar" muitos daqueles que vão sendo alvo da desumanização constante da nossa sociedade. Adoro animais e continuo sem conceber que haja quem ainda seja capaz de os abandonar de ânimo leve. Cães e gatos sem nome que as associações vão salvando mas que, infelizmente, não o conseguem por muito tempo. Olhares tristes e vazios, em espaços cada vez mais limitados e uma fila assustadora para ordem de "abate".
Este (foto) é apenas um dos casos. Um de muitos. Um exemplo apenas. Um sobrevivente. Porque não apareceu sozinho, mas agora é assim que está.
Em tempo de férias, as listas prometem aumentar, sem dó nem piedade. O ser humano é assim. Ou será. Até um dia!

Devaneios


É talvez a parte do dia que mais gozo me dá. Conduzir. Falar comigo e com ele, cantar para mim e para ele. O carro. Esse companheiro de viagens, longas, curtas, demoradas ou rápidas. Dou por mim a pensar que grande parte da minha vida é passada nele. Neste ou noutro. No anterior, no novo ou no seguinte. Tanto sabe ele da minha vida, às vezes até mais do que eu. Depois de mais um dia de trabalho, cansativo, lá vou eu. Pé no acelerador e a estranha convicção de que entro num pedaço de mim, onde recrio um mundo só meu. Ora tentando ser o que não sou, ora suspirando por quem amo ou simplesmente deixando que aquele momento com a música bem alta e muito asfalto para "correr" seja o mais relaxante possível. Chegados ao destino, uma certeza. Amanhã há mais. Mais quilómetros para percorrer, enquanto a OPEP permitir... e mais conversas para termos os dois, numa espécie de diálogo (?!) "esquizofrénico"...

P.S. Hoje, apetecia-me fugir contigo... nele. Para um mundo só nosso, um em que pudéssemos estar sempre juntos. Mas, enquanto esse mundo não existe, acho que mais vale aproveitar bem este.

This years love



Há amores que merecem durar uma vida. O nosso é um deles, modéstia à parte. Amo-te lindo.

Palavras

O tempo não tem sido muito para escrever. O acumular do trabalho, agora que as férias estão próximas, e alguns "contratempos" em temos de saúde física, fizeram com que não tenha actualizado o blogue nos últimos dias. E os meus companheiros, está visto, que gostam pouco de escrever :).

Suspirando pelo inícios das férias e pelo fim do trabalho e das dores físicas, vou-me entretendo a ouvir música e a pensar em quem nunca ouso esquecer. Um dia destes ainda havemos de "casar" ou "outra coisa qualquer". Nunca me importei muito com nomes. Só há um que nunca hão-de usurpar: AMOR. O dicionário, fazemo-lo NÓS. Nem que tenha de ser exclusivo.